Facebook Youtube IPDJ Comité Olímpico Comité Paralímpico Confederação do Desporto Fundação do Desporto Centro de Alto Rendimento UCI UEC Jogos Santa Casa
Início UVP-FPC Equipa Portugal Estrada BTT BMX Pista Escolas Ciclocrosse Ciclismo para Todos
Filiações 2019
Parceiros Oficiais
Vantagens Filiados
Vantagens Filiados
Calendários
Calendário Nacional FPC
Calendários Regionais
Seguros
Info. Desportiva
Documentos/Formulários
Formação
Formação
Centros BTT
Documentação
Centros BTT
Regulamentos
Gerais
Estrada
Pista
BTT
BMX
Ciclocrosse
Trial
Escolas de Ciclismo
Ciclismo para Todos
Antidopagem
Arbitragem
Disciplina
Contactos
Associações
Organizador Provas
Notícias
 
Pelotão de classe mundial na estrada até domingo
Estrada
Um pelotão de 175 corredores, oriundos de 21 países e representando 22 equipas, inicia nesta quarta-feira a 41.ª Volta ao Algarve. A competição, na estrada até domingo, terá um total de cinco etapas e de 786,1 quilómetros.

A primeira etapa da competição leva o pelotão desde Lagos até Albufeira, numa viagem de 166,7 quilómetros, com início no Parque das Feiras de Lagos, às 10h50, e chegada à Câmara Municipal de Albufeira prevista para as 15h00, cerca de 30 minutos após a primeira passagem na meta. Uma contagem de montanha de terceira categoria, ao quilómetro 110,7 não deverá ser obstáculo para uma chegada ao sprint.

Entre os favoritos ao protagonismo na primeira etapa estão o campeão da Alemanha de fundo e corredor com mais vitórias em 2014, André Greipel (Lotto Soudal), que já confessou sentir fome de vitórias, o campeão russo, Alexander Porsev (Katusha), o belga Gianni Meersman (Etixx-QuickStep), vencedor em Albufeira em 2012, os compatriotas Tom van Asbroeck (Lotto NL-Jumbo) e Roy Jans (Wanty-Groupe Gobert), o britânico Ben Swift (Sky) e o alemão Phil Bauhaus (Bora-Argon 18).

Os candidatos ao triunfo fina na Volta ao Algarve terão de mostrar-se na segunda etapa, 197,2 quilómetros, entre Lagoa e Monchique, cujo carrossel final, na serra de Monchique, irá fazer a primeira triagem de valores. Será a altura para aquilatar o estado de forma dos corredores que se revelaram os melhores das quatro últimas edições e que estão de regresso ao Algarve: o campeão mundial de fundo e vencedor da Volta ao Algarve em 2014, Michal Kwiatkowski (Etixx-QuickStep), o vencedor da Algarvia em 2011 e em 2013, Tony Martin (Etixx-QuickStep) e o vencedor da prova em 2012, Richie Porte (Sky).

Além daqueles, terão de comprovar o seu quinhão de favoritismo homens como Tiago Machado (Katusha), Luis León Sánchez (Astana), Robert Gesink (Lotto NL-Jumbo), Tony Gallopin (Lotto Soudal), Ion Izaguirre e Rubén Fernández (Movistar) e Geraint Thomas (Sky).

A terceira etapa é a chamada prova da verdade, um contrarrelógio individual de 19 quilómetros, entre Vila do Bispo e o Cabo de S. Vicente. Além dos favoritos ao triunfo final, os contrarrelogistas puros terão uma palavra a dizer. É o caso de Adriano Malori e Jonathan Castroviejo (Movistar), Ramunas Navardauskas e Sebastian Langeveld (Cannondale-Garmin) ou Rafael Reis (Tavira).

A etapa rainha é a quarta, a disputar no sábado, ao longo de 218,3 quilómetros, com partida de Tavira e chegada ao alto do Malhão, Loulé. A meta coincide com uma contagem de montanha de segunda categoria e para lá dos principais candidatos à camisola amarela Liberty Seguros, devemos seguir com atenção as prestações dos trepadores Michele Scarponi (Astana), André Cardoso e Davide Formolo (Cannondale-Garmin), Igor Antón (Movistar), Ricardo Vilela (Caja Rural-Seguros RGA), Emanuel Buchmann (Bora-Argon 18) e Joaquim Silva (W52-Quinta da Lixa).

Para o último dia espera-se a consagração dos vencedores e nova chegada ao jeito dos velocistas, ao fim 194,9 quilómetros, entre Almodôvar e Vilamoura.

Equipas
WorldTour: Astana (CAZ), Cannondale-Garmin (EUA), Ettix-QuickStep (BEL), Katusha (RUS), Lotto NL-Jumbo (HOL), Lotto Soudal (BEL), Movistar (ESP) e Sky (GBR).
Continentais Profissionais: Bora-Argon 18 (GER), Caja Rural-Seguros RGA (ESP), RusVelo (RUS), Team Roompot (HOL) e Wanty-Groupe Gobert (BEL).
Continentais: Efapel (POR), LA Alumínios-Antarte (POR), Louletano-Ray Just Energy (POR), Rádio Popular-Boavista (POR), Tavira (POR), W52-Quinta da Lixa (POR), ActiveJet (POL), Murias Taldea (ESP) e Optum p/b Kelly Benefit Strategies (EUA).

Números da Volta ao Algarve
1 – Michal Kwiatkowski (Etixx-QuickStep), campeão mundial de fundo, é o único campeão do Mundo em título presente na Volta ao Algarve. Mas tem um colega de equipa, Tony Martin, que já conquistou três camisolas arco íris, na disciplina de contrarrelógio.

3 - Número de edições conquistadas por Belmiro Silva (1977,1981 e 1984), o único com três triunfos em 40 edições disputadas. Oito corredores venceram a prova em duas ocasiões: Tony Martin (2012 e 2013), Alberto Contador (2009 e 2010), Cândido Barbosa (1997 e 2002), Cássio Freitas (1993 e 1995), Fernando Carvalho (1989 e 1990), Joaquim Gomes (1988, 1992), Manuel Cunha (1986 e 1987), Belmiro Silva (1977, 1981, 1984), Firmino Bernardino (1979, 1980)

4 – Quatro corredores presentes no pelotão já conquistaram a Volta ao Algarve: Hugo Sabido (2005), Tony Martin (2011 e 2013), Richie Porte (2012) e Michal Kwiatkowski (2014).

5 - As camisolas em disputa: Amarela (Geral Individual), Verde (classificação por pontos), Branca (Juventude), Azul (Classificação da montanha) e Laranja (classificação do melhor português).

7- Total de contagens de montanha da 41.ª Volta ao Algarve. O Alto do Malhão é a subida mais cotada: 2.ª categoria.

9- Números de metas volantes/sprints da Volta ao Algarve. São pontuáveis para a classificação por pontos e atribuem bonificação de 3,2 e 1 segundos aos três primeiros classificados, respetivamente.

10 - Em segundos, a bonificação atribuída ao vencedor da etapa. O segundo e o terceiro classificado bonificam, seis e quatro segundos, respetivamente.

13 – A edição 41 da Volta ao Algarve tem 13 campeões nacionais entre os 175 membros do pelotão.

16 – Dezasseis corredores do top 100 mundial de 2014 estão presentes na edição de 2015 da Volta ao Algarve.

19 - Em anos, a idade do mais jovem corredor do pelotão da Volta ao Algarve: o russo Artem Nych, da RusVelo.

21 – Número de países representados no pelotão da Volta ao Algarve: Portugal, Espanha, Bélgica, Alemanha, Holanda, Rússia, Itália, Polónia, Estados Unidos América, Canadá, Grã-Bretanha, Colômbia, Cazaquistão, República Checa, Austrália, Eslovénia, Estónia, Lituânia, França, Noruega e Uruguai.

22 - Total de equipas presentes repartidos por três escalões: oito equipas WorldTour, cinco equipas Profissionais Continentais e nove equipas Continentais.

26 - Número de corredores que disputam a classificação da Juventude (camisola branca), reservada a corredores nascidos após 1 de janeiro de 1992.

38 - Em anos, a idade do mais velho corredor do pelotão da Volta ao Algarve: Rui Sousa (Rádio Popular-Boavista).

41 - A atual edição da Volta ao Algarve. A primeira data de 1960, com o triunfo de José Manuel Marques (Águias de Alpiarça).

175 - Número total de inscritos. A nação mais representada na Volta ao Algarve é a portuguesa, com 43 corredores.

218,3 - A quilometragem da mais extensa ligação da Volta ao Algarve, a quarta etapa, entre Tavira e o Alto do Malhão.

786,1 - O total de quilómetros da Volta ao Algarve, repartidos em cinco etapas.

Lista de inscritos: Clique Aqui
2015-02-17 - 19:37:51
Partilhar Facebook
« Voltar
 
 
Ciclismo Vai Escola
Assembleia Geral
Documentos Novembro 2018
Inscrições Online
História do Ciclismo
História do Ciclismo
Marcos Históricos
Palmarés das Corridas Portuguesas
Volta a Portugal
PNED
Lojas Oficiais
Redes Sociais
Site desenvolvido por: Cyclop Net - Desenvolvimento de Sites Profissionais