Facebook Youtube IPDJ Comité Olímpico Comité Paralímpico Confederação do Desporto Fundação do Desporto Centro de Alto Rendimento UCI UEC Jogos Santa Casa
Início UVP-FPC Equipa Portugal Estrada BTT BMX Pista Escolas Ciclocrosse Ciclismo para Todos
Filiações 2019
Área do Utilizador
Parceiros Oficiais
Vantagens Filiados
Vantagens Filiados
Calendários
Calendário Nacional FPC
Calendários Regionais
Info. Desportiva
Documentos/Formulários
Formação
Formação
Centros BTT
Documentação
Centros BTT
Regulamentos
Gerais
Estrada
Pista
BTT
BMX
Ciclocrosse
Trial
Escolas de Ciclismo
Ciclismo para Todos
Antidopagem
Arbitragem
Disciplina
Contactos
UVP-FPC
Associações
Organizador Provas
Notícias
 
Rui Costa faz o tri na Volta à Suíça
Estrada
O português Rui Costa (Lampre-Merida) procurava uma vitória desde o início da époxa, mas hoje alcançou duas de uma só vez: impôs-se na última etapa da Volta à Suíça e, dessa forma, conquistou pelo terceiro ano consecutivo a prova helvética do WorldTour. O poveiro subiu ao terceiro lugar do ranking mundial, liderado por Alberto Contador (Tinkoff-Saxo).

A derradeira tirada era considerada a etapa rainha e não desiludiu. Os 156,5 quilómetros, entre Martigny e Saas-Fee tiveram quatro contagens de montanha, uma delas coincidente com a meta, tiveram excelentes movimentações táticas e emoção até à meta.

A corrida começou a definir-se a 46 quilómetros da chegada, quando o suíço Mathias Frank (IAM Cycling) atacou no grupo dos favoritos, sendo apenas seguido pelo holandês Bauke Mollema (Belkin) e por Rui Costa. Rapidamente, estes homens alcançaram o grupo de fugitivos da jornada, onde os homens da Belkin e da IAM esperaram pelos seus líderes, acelerando o ritmo e deixando o camisola amarela, Tony Martin (Omega Pharma-QuickStep), cada vez mais longe.

Já na subida final, Mathias Frank tentou a sua sorte, desferindo dois ataques nos derradeiros em pouco menos de um quilómetro. Rui Costa respondeu com facilidade e, a 2,7 quilómetros da chegada, foi o corredor luso que atacou e se lançou numa cavalgada solitária rumo ao triunfo na etapa e na geral.

Rui Costa terminou a etapa em primeiro. Bauke Mollema foi o segundo e Frank o terceiro. Destaque para o sexto lugar de André Cardoso (Garmin-Sharp), um dos poucos fugitivos do dia que aguentou o ritmo dos melhores até perto do final.

Rui Costa conquistou a terceira Volta à Suíça consecutiva, deixando Mathias Frank a 33 segundos e Bauke Mollema a 50 segundos. Tony Martin, que partiu na frente, foi um digno vencido, caindo para a quarta posição, mas lutando até final, praticamente sem ajudas, contra os restantes adversários.

"Para ganhar três voltas à Suíça, há que trabalhar muito e descansar. Com a camisola arco íris não é fácil ganhar, mas é muito especial vencer a Volta à Suíça com esta camisola. Estou muito feliz e quero agradecer à minha equipa e a todos os portugueses que me apoiaram durante a Volta à Suíça", disse Rui Costa, instantes antes de subir ao pódio para a cerimónia de consagração.

(em atualização)
2014-06-22 - 16:27:21
Partilhar Facebook
« Voltar
 
 
120 Anos FPC
Ciclismo Vai Escola
Inscrições Online
História do Ciclismo
História do Ciclismo
Marcos Históricos
Palmarés das Corridas Portuguesas
Volta a Portugal
PNED
Lojas Oficiais
Redes Sociais
Site desenvolvido por: Cyclop Net - Desenvolvimento de Sites Profissionais